YAN MOTTA

Com 15 anos de experiência em diversas áreas da produção audiovisual, Yan editou e roteirizou documentários e séries para o cinema e a televisão, além de ter atuado em publicidade. Entre seus documentários de destaques estão Menino 23 (edição), vencedor do Prêmio de Melhor Montagem no Festival IberoAmericano de Cinema e no Festival Internacional de Cinema de Arquivo, ambos em 2016 e indicado a Melhor Montagem no Grande Premio do Cinema Nacional; Bernardes (edição e roteiro), eleito o melhor filme pela Associação Paulista de Críticos de Arte em 2014. Na televisão, editou séries documentais, como Hei de Torcer (ESPN International) e Ateliê Urbano (Globosat+), e ficcionais, a exemplo de Lucia McCartney (GNT) e Por isso Sou Vingativa (Multishow), com produtoras do porte de Conspiração, Mixer, Zola e Giros . Últimos trabalhos – Baile de Mascaras (2017) – Série TV Ficção – Soldados do Araguaia (2017) – Documentário – Cor de Pele (2017) – Curta Metragem Documental – Eu sou assim (2017) – Serie TV Documental – Perrengue MTV (2017) – Série de TV Ficção – HomoBrasilis – Serie TV Documental – Capoeira, um passo a dois. (2017) – Documentário – Lutando para vencer (2017) – Documentário – Lúcia McCartney (2016) – Série de TV Ficção – Sonhadores (2016) – Serie TV Documental – Menino 23 (2016) – Documentário – Gringo Favelado (2015) – Documentário – Novas Frequências (2015) – Curta Metragem Documental – Ateliê Urbano (2014) – Serie TV Documental – Bernardes (2014) – Documentário – Por isso Sou Vingativa (2014) – Série de TV Ficção – Homens são de Marte (2014) – Série de TV Ficção – O que faz um Campeão (2013) – Serie TV Documental – Amazônia Eterna (2013) – Documentário

Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.