THIAGO KISTENMACKER

Bacharel em Cinema vindo do subúrbio do Rio de Janeiro, iniciou como diretor de arte enquanto editava vídeos de eventos sociais e institucionais. O domínio dessas experiências influenciam todos os aspectos enquanto diretor, roteirista, produtor e montador.

Produziu e dirigiu sem financiamento “Voltando para casa” (2014), “Canto da sombra” (2016) e “Ontem” (2017), curtas premiados por crítica e público. Incluindo nomeação como finalista do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, Mix Brasil e Curta Cinema, além de seleções em mais de vinte países em festivais como o Chicago Latino Film Festival e Inside Out Toronto (um dos maiores festivais LGBT do mundo).

Membro da Academia Brasileira de Cinema como resultado da repercussão de seu primeiro projeto, teve os três curtas finalizando sua divulgação com exibições no Canal Brasil.

Após assistir a estreia de “Voltando para casa” (2014) em Los Angeles, o roteirista Al Danuzio se apresenta e o convida para dirigir, participar da produção executiva e montar “Aquarela” (2018), curta rodado no Maranhão através de edital público. Quatro anos após o convite, Thiago recebe o Kikito por “Melhor Montagem” em sua estréia na 46ª edição do Festival de Cinema de Gramado, de onde a produção sai com dois prêmios. O filme se encontra em divulgação, sendo premiado em diversos festivais inclusive por sua direção.

No começo de 2019, a sequência de “Ontem” (2017), nomeada “Memória de quem (não) fui”, é selecionada pelo edital Lab Curta no Rio. Se inicia seu primeiro processo de produção autoral com financiamento, o primeiro sob seu selo Rotatória Filmes.

Links de seu trabalho:

Voltando para casa (2014) – https://www.facebook.com/voltandoparacasa

Canto da sombra (2016) – https://www.facebook.com/cantodasombra

Ontem (2017) – https://www.facebook.com/ontemfilme

Aquarela (2018) https://www.facebook.com/filmeaquarela

Rotatória Filmes: https://www.facebook.com/rotatoriafilmes

Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.