Paulo Schmidt

Paulo Schmidt trabalha no mercado audiovisual há 34 anos, produzindo conteúdo publicitário e de entretenimento para cinema, TV e mídias digitais. É sócio, produtor e um dos fundadores da Academia de Filmes – uma das maiores produtoras audiovisuais independentes brasileiras. É presidente da APRO – Associação Brasileira de Produção de Obras Audiovisuais, onde atua na defesa dos interesses dos produtores de obras audiovisuais, cargo que também ocupou em 2003.

Paulo assina a produção dos longas “Legalize Já” (2018), “Eu Te Levo” (2017), “Elis” (coprodução, 2016), “Infância Clandestina” (coprodução argentina, 2012), ”Amanhã Nunca Mais” (2011), “Cabeça a Prêmio” (2010), “Titãs – a Vida até Parece uma Festa” (2009), entre outros. Também assina obras seriadas como “Batalha Makers Brasil” (2019), “Natália” (2018), “Futuros Campeões” (2018), “Eu Te Dedico” (2018), “Espírito da Luta” (2017), “Mixados” (2017) e “200 Graus” (2016), “Milagres de Jesus” (2013), “Amor em 4 Atos” (2011), entre outros.

Está à frente de novas produções cinematográficas: “A Paixão segundo G.H” e “Objetos Perdidos ou a História das Duas Únicas Pessoas do Planeta Terra”, ambas de Luiz Fernando Carvalho e “As Mil Faces do Crime”, de Fernando Coimbra.

Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.