MARCELLO MAIA

Comemorando 26 anos de trajetória no cinema brasileiro em 2014, o produtor carioca Marcello Ludwig Maia, coordena sua própria produtora, República Pureza, desde 1995 e entre os filmes dos quais teve participação fundamental destacam-se Madame Satã, de Karim Ainouz, Amarelo Manga e Febre do Rato, de Claudio Assis, Um Passaporte Húngaro, de Sandra Kogut, três projetos de Walter Carvalho – os longas documentais Moacir Arte Bruta Lunário Perpétuo e Um Filme de Cinema – dois longas de Julio Bressane – A Erva do Rato e Educação Sentimental, “Boccalino de Oro”.

Em maio de 2013 lançou o filme Faroeste Caboclo, de René Sampaio que obteve um publico de 1.500.000 espectadores.

Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.