Katia Adler

Katia Adler, nasceu no Rio de Janeiro/Brasil, em 1962. Se formou em cinema em 1984 na Universade Saint Denis VIII – Paris. Em 1988 fundou a ONG Jangada, enquanto morava na França (1984-2008) e através da qual, há 19 anos, produz o Festival de Cinema Brasileiro de Paris. Em 2007, a Jangada criou mais dois festivais internacionais no Canadá: em Toronto e Montreal.

Além dos Festivais, Katia Adler, dirigiu os filmes:
“Carnaval em Paris” – Video, cor, 52 minutos. Documentário sobre o Desfile de Carnaval em Paris durante a Copa em 98 de Joaozinho Trinta. (1998);
“Succoth, a festa da Cabana” – Video, cor, 26 minutos, um documentário para TV Francesa FR3 sobre a festa de Soucot em Israel. (1996);
“Vite”- 35 mm, cor, 4 minutos: clip sobre um laboratório de cinema na França chamado LTC (1993);
“Atras das Imagens” – 35 mm, cor, 11 minutos. Documentário sobre um laboratório de cinema na França chamado LTC (1993);
“Toi” Super 16 mm, cor, ficçao, 8 minutos (1993);
“Sem côr”, 35 mm, color, 13 minutes: ficçao sobre um menino que vende limao nos sinais do Rio de Janeiro (1991);
“A arte de ser um cientista”, um documentário sobre Haity Moussatche, Video ¾, 15 minutos (1989).
Produtora de “Só dez por cento é mentira”, um documentário sobre Manoel de Barros (2009);

Em 2011 foi convidada para produzir um grande evento sobre a America Latina no Qatar. Foram 14 shows e Jorge Ben Jor representou o Brasil no encerramento.

Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.