CHICO TEIXEIRA

Com uma narrativa que se aproxima do documental, Chico Teixeira tem cada vez mais procurado em seus filmes histórias que retratam conflitos interiores e familiares. É na ansiedade de seus personagens e em seus desejos não realizados que o cineasta se concentra. Seu universo é um mundo verossímil e popular em que capta a intensidade das relações humanas em meio a uma vida simples, tornando-a singular.

Nascido no Rio de Janeiro, Brasil, em 1958, Chico ganhou destaque internacional com sua estreia no cinema, “A Casa de Alice”. Após sua premiere na seção Panorama do Berlinale Film Festival em 2007, “A Casa de Alice” foi prestigiado por 63 festivais internacionais e ganhou 33 prêmios. “Ausência” (2015) foi exibido em festivais nacionais e internacionais, como o Festival de Berlim, e vencedor de quatro prêmios, entre eles Melhor Filme no Festival de Gramado, dentre outros.

Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.